Condomínio fechado: a segurança de um condomínio fechado fora de São Paulo!

 em Arts Itatiba

Deixar a vida caótica de São Paulo é o desejo de muitas pessoas. Afinal, a capital paulista conta com índice alarmantes, especialmente de estresse. De acordo com os dados do Centro Psicológico de Controle do Estresse, 35% da população paulistana sofre com o distúrbio.

As causas são várias, como a quantidade grande de pessoas por metro quadrado, a poluição sonora, o trânsito complicado, a violência e a sensação de insegurança. Por tudo isso, a quantidade de pessoas que saem de São Paulo em busca de uma vida mais tranquila no interior só aumenta.

E entre essas pessoas, uma opção muito comum é investir no condomínio fechado. Mas você sabe exatamente quais as vantagens que esse ambiente pode proporcionar a você e a sua família em termos de segurança? Continue a leitura e descubra!

 

Equipamentos de segurança modernos

Definitivamente, a segurança em um condomínio fechado é um dos pontos que mais influenciam na hora de optar por esse tipo de moradia. Afinal, ao contrário das casas nas ruas, os moradores contam com um sistema completamente diferenciado.

Portaria 24 horas, câmeras de monitoramento, cercas elétricas, vigias, TAGS para os veículos e outras tecnologias tornam os condomínios locais extremamente protegidos e dificultam para que pessoas má intencionadas acessem a sua residência.

Embora a segurança seja importante para todas as pessoas, ela é ainda mais essencial para as famílias que viajam bastante. Por exemplo, no caso em que um ou mais membros trabalham em outra cidade – e a casa acaba ficando fechada a maior parte do tempo.

Ou ainda para quem trabalha e estuda à noite, já que a portaria 24 horas oferece uma dose extra de segurança nesse momento.

Mesmo que você possa equipar a sua casa na rua com todas essas tecnologias de segurança, com certeza o valor pago para ter e manter esses itens seria muito alto. Em um condomínio, todos esses agregados são divididos entre os condôminos, o que torna mais acessível financeiramente para os moradores – inclusive para poder adquirir tecnologias mais modernas.

 

Privacidade

Em uma casa na rua, nem sempre é fácil manter a privacidade. Afinal, qualquer um poderá tocar a sua campainha e tirar o seu sossego, como vendedores, pedintes, equipes de empresas etc.

Já ao morar em um condomínio fechado, isso será muito mais difícil. Porque, para qualquer pessoa acessar a sua casa, terá que primeiro passar pela portaria e ser anunciado pelo porteiro. Somente após a sua autorização (e uma série de procedimentos de segurança), o visitante poderá entrar.

Além de trazer mais tranquilidade e conforto, esse ponto também é importante em relação à segurança. Afinal, você terá a certeza de que apenas pessoas autorizadas por você ou pela sua família terão acesso à sua casa – e apenas quando você estiver presente.

 

Rondas e vigias

Ainda que a tecnologia seja uma aliada importante na segurança dos condomínios fechados, a presença humana se faz necessária em muitas situações.

É por isso que os condomínios maiores não abrem mão de contarem com equipes de profissionais treinados para realizarem rondas e vigias dentro do condomínio.

Essa é uma segurança a mais que só um condomínio fechado poderá lhe oferecer – por um valor mensal bem mais acessível do que se você fosse contratar esse serviço para a sua casa.

Assim, ainda que haja alguma falha na segurança (como nas cercas elétricas ou nas câmeras de segurança), a equipe de ronda poderá detectar os invasores e agir de forma adequada para neutralizar a ameaça, impedindo roubos e furtos.

 

Rede de apoio

Outro ponto positivo de viver em um condomínio fechado é contar com uma rede de apoio. Os vizinhos, porteiros e demais membros da segurança do condomínio podem ajudar de diversas maneiras e também impedir que roubos e furtos aconteçam.

Porteiros bem treinados conhecem todos os moradores do condomínio e sabem como agir em diversas situações de emergência, como invasão, incêndios, brigas e outros. Por isso, essas equipes funcionam como uma segurança a mais, pois, caso você passe por alguma situação complicada, poderá contar com o suporte dessas pessoas.

A vizinhança também costuma ser mais unida em condomínios, afinal as pessoas acabam dividindo o mesmo espaço de lazer, as áreas comuns e os eventos, como assembleias e confraternizações.

Em um momento complicado ou em algum imprevisto, ter com quem contar faz toda diferença e oferece uma sensação maior de segurança e tranquilidade.

Como você pode notar, viver em um condomínio fechado oferece muitas vantagens em termos de segurança. Contudo, é importante escolher muito bem a cidade e o empreendimento, garantindo que todos esses pontos serão considerados.

Gostou deste conteúdo? Acesse o nosso site e saiba mais sobre o Arts Itatiba!